Lisbon Fashion Week - Day 4

No domingo, após uma visita ao Mude (museu do design e da moda), dirigi-me ao Pátio da Galé para mais uma onda de desfiles. E mais uma vez eu não falarei de todos. Quando eu sinto no inicio de um desfile que já vi tudo, a minha vontade é sair e tomar um café, mas tal coisa não pode acontecer. Desse modo, opto pelo silêncio. Felizmente tenho a liberdade de me expressar, visto que não tenho a "obrigação" de vir com paninhos quentes para cima de alguém. Nuno Gama, por exemplo, é daquelas coleções que se aguardam ansiosamente, e que enchem a sala, e que se torna um espetáculo. E na verdade é um espetáculo, para as mulheres e para os homens ali presentes. Começo a acreditar cada vez mais que a coleção fica em 2ºlugar na observação realizada durante a sua apresentação. Basta olhar em redor. Não é mau o trabalho do designer, bem pelo contrário, mas também é sempre mais do mesmo (mas não deixo de gostar). Adiante...
SAYMYNAME. Impossível não ter gostado. O conforto aliado a peças práticas para serem usadas no dia a dia, inúmeros cortes em formas geométricas e uma mistura de tecidos brutal. Fiquei em modo derretida com esta coleção, com as propostas apresentadas sem esquecer os sapatos. Só me resta felicitar a Catarina Sequeira. Parabéns miúda! 
DINO ALVES. Gostei da diferença nos pormenores. Dos plissados, das transparências e das cores. Uma peça ou outra masculina com nota 10 e o resto fico sem compreender, mas isso sou eu que ainda não sou amante de determinados cortes dirigidos ao público masculino. De qualquer modo é uma coleção adorável e daquelas que o público em geral poderá dar uso, se pretender (e poder) abrir a carteira.
MIGUEL VIEIRA. Continuo a manter um amor próprio próprio pelas coleções do designer. Benzi-me e benzo-me cada vez que vejo a coleção. Se estava habituada ao excesso de branco nas anteriores, desta vez perdi-me nas cores propostas. Cores, padrões, silhuetas, tudo conjugado na perfeição. Os cabelos e a maquilhagem animaram-me as vistas na sua junção com os acessórios. O que posso dizer? Miguel Vieira, meu querido, aceita tomar uma café comigo? 

Fotografias cedidas pela organização Moda Lisboa. Fotógrafo: Rui Vasco

FACEBOOK  /  BLOGLOVIN  /  TWITTER  /  LOOKBOOK  /  PINTEREST / FASHIOLISTA

3 comments:

  1. Também sou apaixonada pelo Miguel Vieira, amei!

    Bjokas querida
    ***
    www.theprincesslittlebox.blogspot.com

    ReplyDelete
  2. Amei Aleksandar Protic!! Porem, todas as outras coleções fazem-me sempre suspirar <3

    ReplyDelete
  3. Boa review. E Miguel Vieira também foi, definitivamente, o meu favorito do dia.
    Infelizmente ao vivo só assisti a Marques' Almeida e, na minha opinião, foi das tais colecções que, como referiste no início do post, se apresentou toda nos três primeiros looks. Tudo igual e incrivelmente aborrecido.
    Mas hey, é sempre bom dar um pézinho na ML, nem que seja para sentir um bocadinho daquele burburinho e pulsar de criatividade ;)

    ReplyDelete